Como comprar o seu primeiro telescópio?

Depois de tanto estudar e aprender mais sobre a astronomia, você decidiu que quer comprar um telescópio. Até aí, tudo bem. Mas, é importante que você estude também sobre as várias marcas que existem no mercado. Desde o preço, fornecedor, as lentes. Qual é melhor, um telescópio maior ou menor?

Depois de ler esse artigo, saberá exatamente qual o telescópio que melhor se encaixa com a sua personalidade e o seu bolso.

E agora, qual telescópio comprar?

A abertura do telescópio é muito importante, pois é ela que irá te dar a nitidez das coisas, mais precisamente, a melhor performance. Basicamente, quanto maior for a lente, mais luz irá absorver, com isso, mais luz entrará no equipamento. Fazendo com que os objetos observados sejam vistos com maior nitidez.

E também, é essencial avaliar a potência do equipamento. Pois, nada adianta você comprar um telescópio com uma lente grande, se a potência não for boa. Antes de adquirir o equipamento, é desejável que você faça uma pesquisa e uma lista de coisas que pretende observar. E se possível, se tiver algum conhecido ou amigo que possa indicar referências.

A lente é um fator muito importante, pois tem o poder de aumentar os objetos. Se a lente for grande, irá conseguir captar mais luz, a imagem ficará mais escura, e conseguirá visualizar melhor. Os astrônomos com mais experiências dizem que as medidas de 0,5 e 1x por milímetro, será o suficiente para que você veja a maioria dos objetos estelares.

Refrator

Alguns modelos

Atualmente no mercado de telescópios existem três modelos essenciais que todo bom astrônomo deveria ter. Para saber um pouco mais sobre esse equipamento, qual o melhor modelo, as características de cada um e etc.

O primeiro modelo, e o mais tradicional entre os astrônomos, é o modelo Refrator. É um nome um pouco esquisito, mas vale muito a pena saber um pouco mais sobre esse telescópio. O corpo dele é bem longo e fino, vem acompanhado de um tripé para que possa fixar para uma melhor observação. E contém ainda lentes de um lado e também uma lente ocular.

É um dos melhores telescópios do mercado para se obter uma imagem mais nítida do objeto observado. E um dos pontos positivos é que tem uma baixa manutenção.

O modelo Refletor, que utiliza um espelho, e não, uma lente para poder captar mais a luz. Esse é um telescópio que tem um espelho côncavo, que faz com que possa focar mais nos objetos e garante uma abertura maior, com isso, se pode obter uma qualidade muito boa das imagens observadas.

E, por fim, e não menos importante, o modelo Catadióptricos. Modelo um pouco mais caro que os outros, porém, o observador poderá ter uma nitidez mais significativa dos objetos que ele irá observar. Com um menor contraste, e um dos pontos positivos desse equipamento, é pela facilidade para carregar de um lugar para o outro.

Qual o valor?

Para os iniciantes que estão começando a gostar de astronomia, é importante que pesquise os preços dos telescópios. Não é aconselhável que compre esse equipamento por um custo muito baixo. Pois, acabará se tornando inviável, porque o telescópio poderá ganhar mais lugar na prateleira, do que você utilizando.

E também, nada adianta comprar um equipamento muito caro, pois, geralmente, tem detalhes bem específicos e, às vezes, complicados para se manusear.

Os telescópios mais profissionais custam no mercado a partir de R$ 1000,00, podendo chegar até R$ 3000,00.

Receba Valiosas Informações Sobre o Universo...