Galáxias a que pertencem as maiores estrelas registradas

As galáxias são um grande aglomerado de planetas, estrelas, poeiras e gás, sustentados pela força gravitacional. Seu tamanho varia de acordo com as bilhões ou trilhões de estrelas existentes que orbitam em torno do seu centro. As galáxias podem ser divididas em três tipos, são elas: elípticas, espirais e irregulares.

As elípticas apresentam um formato esférico ou elipsoidal, não apresentam forma espiral. As estrelas existentes nesse tipo de galáxia são em sua maioria velhas.

Sua tipificação é dada pela letra E seguida de uma numeração que representa se a galáxia é mais arredondada ou possui uma forma alongada. Uma galáxia E0 é exatamente esférica, enquanto uma E7 tem seu formato alongado.

As espirais apresentam em torno do seu núcleo uma estrutura espiral. Este formato subdivide-se em dois tipos: espirais normais ou espirais com barra.

As espirais normais são representadas pela letra S, e sua principal característica é que os “braços espirais” surgem diretamente do seu núcleo galáctico. Já as espirais com barra são designadas pelas letras SB e possuem por característica emergirem das suas extremidades um material concentrado em forma de barra.

As irregulares são representadas pelas letras Ir, e caracteristicamente possuem estrutura desordenada e o seu formato geométrico é irregular.

Em sua maioria as galáxias fazem partes de grupos que estão diretamente ligados pela força gravitacional. Seus tamanhos podem variar bastante. Alguns grupos são constituídos por algumas galáxias, já outros por bilhões delas.

Vamos conhecer agora as maiores estrelas já registradas:

galaxias

#1 Eta Carinae

Localizada cerca de 7.500 anos luz, e com o peso de 20 massas solares, esta estrela consegue ser um milhão de vezes mais brilhante que o Sol. A estrela é tão grande que expele 500 vezes a massa da terra por ano!

Por expelir tanta massa é difícil para os astrônomos medirem aonde a estrela termina e aonde o seu vento solar começa. Assim estima-se que o raio de Eta Carinae tenha 250 vezes o tamanho do Sol.

Estamos longe de qualquer perigo, mas segundo os astrônomos, Eta Carinae deve explodir em breve ocasionando uma das supernovas mais espetaculares que o homem já presenciou.

#2 R136a1

Localizada na grande nuvem Magalhães, acredita-se que seja a maior massa de estrela no universo. Acredita-se que ela tenha 265 vezes a massa do Sol, foi formada quando inúmeras estrelas com massas grandes se mesclaram. É possível que a R136a1 irá detonar uma hipernova a qualquer momento.

#3 Betelgeuse

Localizada no ombro da constelação e orion, esta estrela vermelha tem um raio de 1200 vezes o tamanho do Sol, e se fosse colocar em seu lugar chegaria na órbita de Júpter, por exemplo.

#4 VY Canis Majoris

Está localizada cerca de 5000 anos luz da Terra, uma professora da universidade do Minessota, calculou recentemente o seu tamanho, o qual chega a ser 1.540 vezes superior ao Sol.

#5 WOH G64

Também localizada na grande nuvem de Magalhães, a estrela mede cerca de 2000 vezes o tamanho do sol e a estimativa de seu tamanho é de 2.985.000.000km de extensão.

Gostou do nosso artigo? Não deixe de compartilhar com seus amigos, afinal é muito interessante saber mais sobre como funciona nosso universo!

Receba Valiosas Informações Sobre o Universo...